Rabiscando as paredes do Sótão

Rabisco paredes a lápis para que a borracha encontre utilidade quando eu errar.

Ao som do Bob

sexta-feira, 26 de outubro de 2007


A igreja anglicana da Jamaica está preparando seu novo hinário no país. A novidade fica por conta da inclusão de One Love do Bob Marley e Psalm 27 na versão do Peter Tosh.

A notícia é do Supergospel e não traz muito mais que isso, porém, no Jamaican Observer, encontrei a versão do Reverendo Emle Gordon, reitor da Church of St Mary the Virgin, dizendo que a razão por trás de incorporar o que é geralmente conhecido no meio cristão como musica secular no hinário da igreja é a necessidade de estabilizar uma interpretação caribenha à teologia.

"Eu não vivo na Inglaterra, eu vivo aqui, então minha teologia e a forma como eu penso devem refletir minhas morais culturais. A teologia tem que ser orientada ao Caribe. Você tem que interpretar a Bíblia de acordo com onde você está. A igreja na Jamaica está desatualizada" afirma o reverendo.

Apesar de a idéia ser polêmica, principalmente no contexto evangélico brasileiro, eu creio que esta seja uma tendência para os países da América Latina. A idéia de separar o que é sacro do que é secular predomina amplamente no evangelicalismo brasileiro, porém, creio que os riscos de aumentar (ainda mais) o abismo que existe entre igreja e "mundo" têm levado os líderes cristãos mais conscientes (e vanguardistas) do Brasil a repensar este tipo de teologia. Em não acontecendo algo que aproxime os evangélicos do "mundo" (talvez até sem as aspas) acredito que o futuro nos reserva um neo-farisaísmo do qual eu terei medo de estar relacionado a ele.

Postado por Seloti às 11:31 AM

Posts Relacionados por Categoria



1 comentários:

Isso é perfeito meu.

Jota Mossad disse...
sexta-feira, outubro 26, 2007 12:20:00 PM  

Postar um comentário