Rabiscando as paredes do Sótão

Rabisco paredes a lápis para que a borracha encontre utilidade quando eu errar.

Ainda posso mudar o passado

sábado, 18 de outubro de 2008

Você também fica chateado com o fato de seus amigos, por desconhecerem um sentido para suas vidas, machucarem a si mesmos? Criam feridas abertas em suas personalidades, sem ao menos refletir sobre o peso disso nos seus futuros relacionamentos. Nos últimos dias, entre uma reflexão e outra a respeito da minha idade, eu agradeci a Deus pela minha família, pelos meus amigos e por todas as pessoas que me influenciaram a ser quem sou hoje fazendo parte do meu passado.

Em poucos dias eu completarei mais um ano de vida. E entre a depressão e a alegria que costumam vir juntas nesse período do ano, encontrei paz no fato de que o próprio Jesus, o mesmo que, no mínimo, mudou a forma como a humanidade conta os anos, dividindo a história entre AC e DC (não, não é a banda), esperou até os 30 anos para oficialmente começar algo relevante na sua época e no mundo conhecido nela.

Ok, eu adimito, não alimento esperanças de que após os 30 eu comece a ficar conhecido no mundo todo (apesar da Internet) a ponto de dividir a história novamente. Porém, o que foram esses anos que vivi? E o que serão dos próximos se eu tiver essa graça? Nada. Isso mesmo, não são, nem serão nada se eu não vivê-los de acordo com os planos do meu criador para mim. E isso não é algo chato ou ruim, mas pelo contrário, é bom demais.

"Porque eu sei muito bem os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de bem e não de mal, a fim de lhes dar um futuro e uma esperança." Jeremias 29:11
É por isso que eu agradeço à Deus pelo meu passado. Pois, bem mais que um futuro com o melhor Dele para mim, eu espero que Ele transforme também o meu passado. Fazendo com que, através do meu arrependimento, as minhas lembranças mais vergonhosas se transformem em lindos testemunhos que me tragam a alegria de viver o hoje.

Assim, não há nada que eu ou meus amigos possamos fazer de pior no mundo que a graça de Deus, através de Jesus, não possa transformar.
"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe." Oscar Wilde
Agradeço pelo dom do arrependimento, porque no dia em que eu, e todas as pessoas que têm desperdiçado a sua juventude, percebermos que existe vida além da simples existência, é através deste dom do arrependimento que encontraremos motivação para viver.

Postado por Seloti às 3:51 PM

Posts Relacionados por Categoria



5 comentários:

Parabéns por mais um ano de vida e pelo Blog!

Rodrigo de Aquino - Joinville-SC

quinta-feira, outubro 23, 2008 8:53:00 PM  

Ae mano!
Massa o Texto e novamente parabéns!

Rod Silva disse...
terça-feira, outubro 28, 2008 8:59:00 PM  

obrigado!

Seloti disse...
domingo, novembro 02, 2008 2:02:00 PM  

O PAVA está fazendo uma Newsletter só para blogueiros e dessa vez é sério.

Para entrar na lista basta me enviar um e-mail com seu Nome, E-mail e Endereço de Blog e Data de Aniversário para:

amigodopava@gmail.com

Obrigado!

segunda-feira, dezembro 01, 2008 7:06:00 PM  

Acredito muito nisso! Bom texto! :)

www.eudevosaber.blogspot.com

Sonebald disse...
sexta-feira, fevereiro 13, 2009 7:50:00 PM  

Postar um comentário